Ter, 27 de Outubro de 2020

Avançam as tratativas de implementação de brigada municipal em Itabirito - 17/07/2020 | 20:48

Avançam as tratativas de implementação de brigada municipal em Itabirito

Como forma de valorizar e padronizar as ações a serem desenvolvidas por voluntários, profissionais e instituições civis em atividades de prevenção e combate a incêndio, previstas na Portaria nº 49/2020 e Lei 22.839/2018, Itabirito é a próxima cidade a implementar uma brigada municipal com a coordenação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG).

Nesta sexta-feira (17), por volta das 10h, o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Coronel Edgard Estevo da Silva, esteve na cidade de Itabirito assinando o termo que dará continuidade no processo de instalação da brigada. Neste sentido de dar continuidade às tratativas, reuniram-se, nesta segunda-feira (13), os representantes do CBMMG, o Diretor de Atividades Técnicas (DAT), Cel Alexandre Gomes Rodrigues, o Comandante do 1º Batalhão de Bombeiros Militar (1ºBBM), Tenente-Coronel Winderson Alain Moura e o Prefeito Municipal de Itabirito, Orlando Amorim Caldeira.

O Diretor DAT/CBMMG, Coronel Alexandre, parabenizou o prefeito pelo bom andamento das tratativas da minuta de convênio, e destacou que com a assinatura do referido termo, a comunidade de Itabirito tem a garantia de que o CBMMG irá treinar e coordenar a brigada municipal, propiciando à comunidade proteção pública nos combates a incêndio e ações de defesa civil.

A criação das brigadas municipais segue o Plano de Comando do Corpo de Bombeiros, que alinhado com a gestão estratégica do governo do estado, torna possível que esse tipo de ações integradas promova a ampliação de interfaces da segurança pública especialmente em pequenos municípios.

A inciativa já possui excelentes resultados concretos. A implementação da primeira brigada municipal no estado foi finalizada através de convênio na cidade de Astolfo Dutra, em 29 de maio deste ano. Essa articulação apresentou-se como efetiva solução para pequenos municípios em que a atual legislação não prevê instalação de unidade do Corpo de Bombeiros, devido a população ser inferior a 30 mil habitantes.

Álbum de Fotos

Ver todas as fotos

VOLTAR