Qui, 06 de Agosto de 2020

Criada lei para combater violência contra a mulher em Itabirito - 13/11/2019 | 13:23

Criada lei para combater violência contra a mulher em Itabirito

Apresentado pelo vereador Max Fortes com o objetivo de promover e garantir os direitos da mulher em Itabirito, o Projeto de Lei Ordinária 88/2019 foi aprovado por unanimidade na Câmara, segunda-feira, dia 4 de novembro. A partir da lei, será implantado o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

 

"Atualmente, a violência contra a mulher corresponde a 70% das ações criminais em Itabirito. Mais do que reduzir ou, até mesmo, zerar esse percentual é nosso dever lutar, diariamente, para que as mulheres tenham mais voz e vez", comemora Max Fortes, que chegou a 57 projetos de lei em sua trajetória legislativa.

 

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher terá 14 integrantes, sendo sete representantes do poder público, contemplando áreas como saúde, segurança e assistência social, e sete representantes da sociedade civil itabiritense. "Ao contrário do que diz o ditado, em briga de marido e mulher devemos meter a colher e também fazer valer a lei", destaca o vereador.

 


VOLTAR