Ter, 22 de Outubro de 2019

Itabirito sedia competição mundial com 1300 atletas - 25/09/2019 | 14:38

Itabirito sedia competição mundial com 1300 atletas

Mountain Bike Internacional Chaoyang Estrada Real levou cerca de 10 mil pessoas para o Alto do Cristo no final de semana.

Nos dias 21 e 22 de setembro, o Alto do Cristo foi palco da última etapa do Mountain Bike Internacional Chaoyang Estrada Real 2019. O evento contou com cerca de 1300 atletas, atraindo os principais nomes da América do Sul, como o campeão mundial, Henrique Avancini. De acordo com a organização do evento, o local recebeu 10 mil pessoas durante os dois dias de competição. “O evento foi algo sem precedentes na história esportiva de Itabirito. Hoje, o nome da cidade é comentado não só no estado, no país, mas também no mundo”, destaca Raphael Rondow, secretário de Esportes e Lazer de Itabirito.

Para facilitar o acesso ao evento, a Prefeitura de Itabirito inovou. O público contou com o serviço de transporte, que transportou gratuitamente cerca de 1.200 pessoas da Praça da Estação até o Alto do Cristo, garantindo maior facilidade e comodidade para o público. “Itabirito realmente merece e temos certeza que isso passa a ser um marco para a cidade”, destacou Orlando Caldeira, prefeito de Itabirito.

A atleta itabiritense, Tamires Cecote, venceu a prova na categoria Júnior Feminino e comemorou a oportunidade de competir em casa: “É uma valorização muito importante para a cidade, com a presença de atletas internacionais e com a presença do Campeão Mundial, é muito bom para o reconhecimento do esporte na cidade”. Outro itabiritense campeão foi Matheus Braga Matos, subindo no 3º lugar do pódio na categoria Júnior Masculino: "A realização de um evento de grande porte em nossa cidade é um grande incentivo para nós. Somos muito privilegiados com a possibilidade de ter uma pista tão técnica e um percurso tão complexo".

O atleta paulista campeão XCO, Luiz Eduardo Ferreira, participou pela categoria Master A2 e destacou a tradição da prova tradicional, “que reúne os melhores atletas do país”. “A região de Minas Gerais é espetacular e conta um percurso surpreendente com muitas montanhas, o verdadeiro Mountain Bike que gostamos de fazer", ressalta.

Kennedi Lago, atleta baiano que veio competir pela categoria Elite, também destacou a importância da Maratona. "É muito bom estar aqui entre os melhores atletas do país e disputar esse evento, que é muito tradicional no calendário nacional. O evento contou com uma excelente infraestrutura e organização", opinou o atleta, que ficou em terceiro lugar geral no campeonato.

Evento aquece economia e turismo de Itabirito

Segundo levantamento realizado pela Secretaria de Esportes e Lazer, a realização do evento foi de extrema importância para a economia de Itabirito, fazendo circular aproximadamente 16 milhões de reais. Hotéis chegaram a uma ocupação 100%; além disso, supermercados, restaurantes, lojas de bicicletas e postos de gasolina registraram um aumento nas vendas. Houve também um grande estímulo para a prática de esportes, como para o turismo na região.

Para receber a Mountain Bike Internacional Chaoyang Estrada Real, a Prefeitura de Itabirito realizou uma reforma na infraestrutura na região do Alto do Cristo. Receberam melhorias a parte elétrica, a pintura das paredes e do meio fio, houve serviço de campina, entre outras. “Agora um dos pontos turísticos mais marcantes de Itabirito está melhor estruturado para receber mais turistas e novos eventos”, contou Raphael Rondow.

Todo o trabalho para a realização do evento na cidade, além do ganho econômico, foi pensado para itabiritenses como Paulo Ricardo Moreira Lima, de 25 anos, que é um amante do esporte e fez questão de marcar presença: "A bicicleta faz parte da minha vida desde sempre. Trabalhei no ramo de bicicleta durante quase 10 anos. Acho que o Cristo ainda é um lugar pouco visitado pelas pessoas daqui. E a realização de um evento de grande porte como esse é de extrema importância para Itabirito".


VOLTAR