Ter, 27 de Outubro de 2020

Secretaria de Meio Ambiente premia vencedores do Concurso de Desenhos - 13/06/2018 | 12:13

Secretaria de Meio Ambiente premia vencedores do Concurso de Desenhos

Atividade teve como tema a importância da água

Despertar o instinto artístico e a consciência ecológica de crianças de 6 a 11 anos foi o objetivo do I Concurso de Desenhos, realizado pelo Centro de Educação Ambiental - CEA. Os vencedores foram premiados em cerimônia realizada no sábado, 9, no Parque Ecológico, quando foram finalizadas as comemorações da Semana do Meio Ambiente.

O concurso, que teve como tema “Água: Fonte da Vida”, foi realizado com alunos do 1º ao 5º ano das escolas municipais de Itabirito e iniciado no dia 22 de março, dia Mundial da Água. No total, mais de 350 desenhos foram inscritos na competição. “Nós queremos que esta atividade desperte a consciência das crianças a respeito da importância da água e que, assim, elas possam levar este conhecimento para casa”, explicou o secretário Antônio Generoso.

Os desenhos vencedores foram escolhidos por uma comissão formada por representantes das secretarias de Meio Ambiente e de Educação, do Saae, do Atelier de Artes Integradas e por um artista plástico da cidade. Além dos 15 trabalhos premiados, outros 34 pré-finalistas foram selecionados e receberão uma medalha. O evento teve apoio da SAFM Mineração, Essências Cardoso e do vereador Geraldo Mendanha.

Resultados positivos

Os objetivos do concurso foram atingidos com sucesso. Luciana Souza, mãe dos pequenos Gustavo e Guilherme, vencedores do 3º e 2º lugar na categoria do segundo ano, disse que já viu mudança no comportamento dos filhos. “Eles gostavam muito de brincar com uma arminha de água de brinquedo e agora disseram que não vão mais brincar, para não gastar água. O concurso foi uma iniciativa muito boa, pois ajuda as crianças a terem mais cuidado e respeito com a natureza”, afirmou.  

Após a vitória no concurso, a vencedora do 1º lugar na categoria do terceiro ano, Maria Ingrid da Silva Brito, de 10 anos, ficou mais confiante com os desenhos. “Sempre desenhava no caderno, mas tinha vergonha de mostrar para as pessoas. Fiquei muito feliz em ganhar e quero continuar desenhando”, disse.

 


VOLTAR